Você sabe o que é marketing 3.0?
marketing_3.0_resumo

Você sabe o que é marketing 3.0?

Marketing 3.0 é uma expressão que representa um conceito de marketing apresentada por Philip Kotler, Hermawan Kartajaya e Iwan Setiawan no livro Marketing 3.0 – As Forças que Estão Definindo o Novo Marketing Centrado no Ser Humano, lançado no Brasil pela Editora Campos e que está, aos poucos, sendo introduzido e revolucionando as ações de marketing de empresas de todos os portes e segmentos. Achou interessante? Então leia até o final para saber o que os autores apresentam no livro.

Os autores do marketing 3.0 se preocuparam em apresentar uma contextualização da evolução do marketing até o marketing 3.0 que, além de cumprir as regras didáticas, servem para situar o leitor no tempo em relação as ações de marketing e às movimentações e comportamentos do consumidor, além de trazer alguns marcos temporais que demonstram a evolução dos tempos e apresentam os elementos essenciais para o novo conceito de marketing.

O livro está dividido em dez capítulos além das partes introdutórias, neste post farei um resumo do primeiro capítulo e postarei os restantes na sequência, ok?

Bem-vindo ao Marketing 3.0

Por que Marketing 3.0?

Ao longo do tempo o a escola do marketing passou por algumas evoluções essenciais de conceituação e foco, no início marketing 1.0, depois marketing 2.0 e os autores apresentam por fim o marketing 3.0,

No marketing 1.0 : o objetivo era a padronização dos produtos , vender em escala com preços baixos para atingir o máximo de compradores, expansão da atividade industrial. Os clientes são compradores de massa sendo o foco de atendimento suas necessidades físicas.

No marketing 2.0 : surgiu na era da informação, aqui o valor do produto é definido pelo cliente que tem mais informação, surge a necessidade de segmentar o mercado, ” o cliente é o rei”, nesse modelo o marketing é orientado para o cliente que tem mais opção de escolha para suas compras. O cliente busca a satisfação funcional e espiritual nos produtos e serviços. O marketing percebe o consumidor inteligente dotado de coração e mente, este passa a ser o foco das ações de marketing.

No marketing 3.0 : a missão é oferecer soluções para os problemas da sociedade, os consumidores são seres humanos completos. Uma mistura de marketing colaborativo, cultural e espiritual (3 elementos chaves). O marketing percebe o ser humano pleno, com coração, mente e espírito e baseia-se nos valores e na realização pessoal do ser humano.

A era da participação e do marketing colaborativo.

Segundo os autores os avanços tecnológicos provocaram mudanças que permitem a participação e a colaboração por meio da internet. Computadores e celulares baratos, internet e fonte aberta, são os componentes que propiciaram o aumento da utilização das redes. Os consumidores produzem e consomem conteúdos e informações.

Nesse contexto aparecem a figura das mídias sociais que deixam expostos que consumidores influenciam outros consumidores, com as pessoas cada vez mais conectadas e trocando informações.

Mídias sociais colaborativas.

Na era da participação acontece o surgimento de fontes abertas de colaboração para criação e desenvolvimento de produtos, os consumidores começam a participar do desenvolvimento de produtos, seja diretamente ou por feedback..
Nota-se aqui o primeiro primeiro elemento do marketing 3.0 que é o marketing colaborativo.

A era do paradoxo da globalização e do marketing cultural.

Globalização:
A democracia se edifica pelo mundo dando sinais de expansão, no entanto, países pouco democráticos se fortalecem como é o caso da China o que evidencia que o capitalismo não requer democracia.

A Globalização requer integração econômica, mas não cria economias iguais, ela favorece e fortalece anida mais algumas potências, alguns ficam muito mais ricos e outros continuam ou aumentam a pobreza. A globalização não salvou os países emergentes. segundo os escritos de Joseph Stiglitz.

O advento globalização cria uma cultura diversificada e não uniforme. Cria uma cultura global universal e, ao mesmo tempo fortalece a cultura tradicional. Os indivíduos são pressionados a se tornarem cidadãos globais.

Nasce com as mudanças introduzidas com a globalização os valores globais que passam pela maior conscientização e preocupação com pobreza,com as questões de injustiça,com a sustentabilidade ambiental, com a responsabilidade comunitária e com o propósito social. O marketing 3.0 aborda essencialmente preocupações e desejos globais, destaca-se a presença do segundo elemento do marketing 3.0.

A era da sociedade criativa e do marketing do espirito humano.

No Terceiro elemento do marketing 3.0 a criatividade surge como resposta a problemas sociais. Neste novo momento de concepções filosóficas e culturais a sociedade incrementa novos modelos de negócios baseado em valores que são a inovação do marketing 3.0.
As pessoas criativas acreditam na piramide invertida de Maslow onde a autorrealização se coloca como necessidade primária das pessoas.

A espiritualidade é vista como “a valoração dos aspectos não materiais da vida e as sugestões de uma realidade duradoura” . Os Indivíduos abrem mão do conforto material em busca da autorrealização, buscam algo além do dinheiro, buscam significado, felicidade e realização espiritual.

Para incrementar o marketing 3.0 como estratégia de negócio as empresas devem introduzir os valores na missão, na visão e nos valores praticados na organização, estes ainda devem contribuir para o bem-star humano.

Marketing 3.0: colaborativo, cultural e espiritual

A tecnologia permite que os consumidores colaborem com a criação de valor nos produtos e serviços, o que viabiliza e condiciona à necessidade do novo conceito de marketing.
Marketing colaborativo – as empresas devem estimular a participação dos consumidores em suas ações, direta ou indiretamente.
Marketing cultural – as empresas devem se atentar ao paradoxo da globalização, e da problematização cultural global inserindo na sua essência um mode de ser que atenda às novas expectativas do mundo globalizado.
Marketing espiritual – as empresas devem estimular e ao mesmo tempo participar da nova concepção de valores onde a criatividade é utilizada na solução de problemas e na criação de bem-star nas pessoas.


KOTLER, P.; KARTAJAYA, H.; SETIAWAN, I. Marketing 3.0: as forças que estão definindo o novo marketing centrado no ser humano. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

Deixe uma resposta

Fechar Menu